Artigo

O exercício ponte

O-exercício-ponte2

O exercício ponte é centrado no núcleo do corpo, fortalecendo os músculos abdominais, e também a região lombar, evitando lesões nesta área. Todos nós experimentamos dor na coluna, uma vez ou outra. Mas por quê isso ocorre? O fato é que o corpo humano não foi projetado para sentar. Todavia, cada vez mais, permanecemos longas horas sentados à frente do computador, ou à televisão. E na maior parte do tempo, em má postura. É desta realidade que surgem as lesões crônicas.

Considerando que todas as partes do corpo estão interligadas, é só uma questão de tempo para que o restante do organismo comece a apresentar outros sintomas que vão provocar dor, ou prejudicar a saúde.

Nesse contexto, o exercício ponte pode ser usado como um defensor do organismo, pois se feito diariamente, deixará a região lombar forte o suficiente para que lide com o atual estilo de vida.

Para fazê-lo, deite-se com a barriga para cima, com as pernas levemente afastadas, e retas. Dobre os joelhos, num ângulo de 90 graus, e erga o corpo, apoiando-se com os cotovelos no chão, mas mantendo as omoplatas no piso.

Coloque pressão nos pés, que devem ficar pressionando para baixo. Contraia o corpo inteiro, e em seguida, fique na ponta dos pés. Segure essa posição pelo máximo de tempo que conseguir.

O segredo desta posição é o equilíbrio. Não se deve deixar os quadris muito baixos, para não colocar pressão na região lombar, mas também não deixe muito acima, ou vai sobrecarregar os ombros.

Jamais prenda a respiração. É o inspirar e expirar que vai permitir a contração dos músculos do estômago, que devem ser trabalhados no máximo que puder. Se sentir qualquer dor, pare de imediato. Neste caso, terá que trabalhar outros tipos de exercício para condicionar a região lombar. Clique aqui para saber como

imagem de Gislaine Rabelo
Publicado por: Gislaine Rabelo

0 ComentáriosComentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.